O isolamento social, medida preventiva para evitar o contágio por Covid-19, marcou a Páscoa 2020. No principal hospital de Trindade, o Hutrin, o domingo foi dia de trabalho. O Pronto Socorro nunca fecha e, por isso, sempre há colaboradores e pacientes na unidade, independente de ser feriado ou não. E na Páscoa 2020 não foi diferente. O que foi marcante é que os abraços tradicionais nessa época, mesmo entre estranhos, foram trocados por olhares.

A ternura e a empatia foram vivenciadas por gestos de mão. Não houve toque, mas o unir as mãos, aquele jeito que a gente aprendeu a fazer ainda criança na hora de rezar, foi o cumprimento do dia. Um breve fechar de olhos e a mensagem implícita chegava ao outro: Feliz Páscoa, se cuide! Os colaboradores receberam por Whatsapp um card especial com a mesma mensagem.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *