Foto: Divulgação

O mês de outubro tornou-se um símbolo importante no combate ao câncer de mama. Iniciada nos Estados Unidos na década de 90, a iniciativa que, promove ações de conscientização e prevenção, ganhou grande relevância com o aumento no número de casos em todo o mundo e atualmente faz parte do calendário oficial de diversos países, incluindo o Brasil.

Para ressaltar a importância do tema e informar pacientes, familiares e profissionais da saúde sobre a importância do diagnóstico precoce, o Hospital de Urgências de Trindade (Hutrin) e o Hospital Regional de Luziânia (HRL), administrados pelo Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED, promoveram uma edição especial do projeto Amor Cantado – Acolhimento Musical.  

O projeto Amor Cantado é muito mais do que um momento de descontração. É um canal de informação que temos com nossos pacientes e colaboradores. É importante informá-los sobre temas importantes como este”, afirma Getro de Oliveira Pádua, diretor do Imed.

A live é apenas uma das ações programadas para o mês de outubro sobre o tema. Os hospitais iluminaram as fachadas de rosa e desenvolveram artes ilustradas e explicativas para serem compartilhadas em aplicativos de mensagens. Esta iniciativa possibilita uma disseminação mais abrangente das informações, tendo em vista que as profissionais podem enviar o material para amigos, familiares e até mesmo pacientes.

Amor rosa                                                                          

O engenheiro Hercílio Ramos Júnior, voluntário que dá cara e voz ao projeto, aproveitou e se apresentou com uma camisa rosa para promover um momento exclusivo desde o início da das transmissões. “Sempre reitero a importância da música e do projeto Amor Cantado. Fazer uma live especial tratando de um tema tão importante não tem preço, porque estamos levando interação e informação para quem está isolado durante o tratamento”, contou.

Além da programação normal que envolve muita música e descontração, a live – realizada sempre pelo canal TV IMED, no Youtube, e transmitida simultaneamente nos dois hospitais – exibiu um vídeo exclusivo feito pelos próprios profissionais da saúde falando sobre a importância do autoexame para prevenção do câncer de mama.

Empolgada com a live, a paciente do Hospital Regional de Luziânia, Maria Cidalina, de 95 anos, vibrou com cada música interpretada por Hercílio durante a transmissão ao vivo. “É muito bom ouvir essas músicas, algumas são da minha época. Bateu uma saudade grande”, disse.

E não é só paciente que acompanha a live. Maria Antônia Souza, de 67 anos, nora de Maria Conceição de Jesus, de 87 anos, internada no Hutrin para tratamento da Covid-19, acompanhou o programa e ressaltou a importância da campanha Outubro Rosa. “Quando tinha 58 anos diagnosticaram vários nódulos na mama direita, todos benignos, que não se desenvolveram, graças a Deus. Desde então eu sempre faço acompanhamento”, contou.

“Já tivemos casos na família, então acho importante esse tipo de iniciativa para alertar as pessoas, além de incentivar o autocuidado e a prevenção”, finalizou Maria Antônia.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *