A instalação do tanque de oxigênio criogênico marcou a última fase de obras para a instalação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital de Urgências de Trindade (Hutrin), que deverá ficar pronta nas próximas semanas. Com capacidade para três mil metros cúbicos de oxigênio. O tanque novo aposenta os cilindros de 10 metros cúbicos que eram usados até ontem e exigiam trocas diárias constantes.

A partir de agora um caminhão com oxigênio deve abastecer o Hospital de Urgências  quando necessário. A estimativa é de que isso aconteça uma vez por mês. “Usamos como base o mês de dezembro, quando batemos recorde de atendimento. Naquele mês com as mais de 9 mil pessoas que passaram por  aqui usamos 2.200 metros cúbicos. Então esse tanque dá e sobra”, explica Raelmá de Magalhães, engenheiro que coordenou as obras de melhorias no hospital.

Mais leitos

Além do tanque, uma ala está sendo reformada no Hutrin para abrigar a UTI. “Inicialmente serão seis leitos totalmente equipados e poderemos expandir, ao longo do processo, de acordo com a necessidade”, diz Getro de Oliveira Pádua.

As obras de instalação da UTI exigem adequações internas. O espaço está sendo adaptado para caber os leitos e os aparelhos que dão suporte à vida durante o processo de recuperação dos pacientes. Entre os principais dispositivos utilizados e que serão instalados assim que as obras forem concluídas, estão o monitor cardíaco, responsável por avaliar os batimentos, arritmias e possibilidade de infarto. Além disso, o ventilador mecânico, também chamado de respirador, que assume as funções normalmente realizadas pelos pulmões através do diafragma, que são a inspiração e a expiração.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *